FC Porto sem margem de erro

Vitória na última jornada da 1.ª volta deverá ser suficiente para disputar Taça Hugo dos Santos

• Foto: Arquivo/Amândia Queirós

O FC Porto desloca-se hoje à margem sul do rio Tejo para defrontar o Barreirense na 11ª jornada da Liga Placard, a última da primeira volta, decisiva na definição dos quatro apurados para a Taça Hugo dos Santos.

Ao contrário do que acontecia até à última época, só as quatro melhores equipas da primeira volta da fase inaugural da Liga têm acesso à Taça Hugo dos Santos deste ano, pelo que o FC Porto está obrigado a vencer no pavilhão do último classificado para garantir um lugar no top 4. Em igualdade pontual com Illiabum e CAB Madeira, os dragões têm vantagem na diferença de pontos, que é o primeiro critério de desempate no apuramento para a Taça: o FC Porto tem um saldo de +80, que supera claramente o Illiabum (+40) e o CAB (+16). Uma vitória dos dragões no Barreiro garantirá aos dragões o apuramento, a menos que Illiabum ou CAB alcancem triunfos por margens... históricas. E a equipa de Ílhavo até recebe o campeão Benfica.

"Estamos muito motivados. Espero que atuemos da mesma forma que jogámos nos últimos quatro encontros, nos quais conseguimos quatro vitórias. Partilhámos a bola no ataque e estivemos muito fortes na defesa. Esta é uma vitória importante para nós e só temos de ir lá para dentro fazer o nosso trabalho", confessou Marcus Gilbert, jogador do FC Porto, em declarações ao site do clube.

Apesar de ter pela frente o ‘lanterna-vermelha’, Gilbert não espera facilidades: "Não há jogos fáceis para nós. Vamos para dentro de campo com uma mentalidade forte e para jogar o melhor que pudermos enquanto equipa. Não encaramos nenhuma partida de forma leviana e essa é uma lição que já aprendemos esta época, pois não esquecemos nenhuma das nossas derrotas, bem como a forma como nos sentimos depois delas."

Benfica até pode... ajudar

Quem pode dar uma ajuda ao FC Porto, mesmo sem querer, é o Benfica, que tentará vencer no terreno do Illiabum e assim fechar a primeira volta só com vitórias. "Estamos invictos mas os jogos são quase sempre equilibrados", observou o técnico José Ricardo, que volta a não contar com Carlos Morais (lesão muscular com contusão óssea). Jesse Sanders fala com ambição: "Somos o Benfica e temos um alvo nas costas. Queremos ganhar."

Por José Morgado
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Basquetebol

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.