Cerca de duas centenas e meia de adeptos da Oliveirense viajam esta sexta-feira desde Oliveira de Azeméis rumo ao Dragão Caixa com o objetivo de festejarem a conquista do título inédito no basquetebol do clube mais representativo da cidade. Os bilhetes disponíveis para a Oliveirense foram esgotados numa única hora, segundo nos confidenciou o base da equipa José Barbosa, adiantando que "a maioria viaja de carro para poder, se vencermos, regressar rapidamente a Oliveira de Azeméis para fazer a festa".

Resta, assim, à Oliveirense voltar a ganhar, esta noite, ao FC Porto para fechar o playoff da Liga Placard e poder festejar a conquista do troféu, depois dos triunfos alcançados nos dois jogos iniciais (83-70 e 94-83). "Estamos prontos para um jogo tão especial para a Oliveirense. Encaramos esta partida como o fizemos nas anteriores, embora seja inegável a importância desta. Temos de a encarar da forma certa e não colocar o coração à frente da cabeça", disse-nos o internacional José Barbosa.

Quem também está convicto da vitória é o companheiro de clube e de Seleção Nacional, João Balseiro. "Vamos lá ganhar, porque merecemos. Somos unidos, mais coletivos. Aqui não há estrelas. Agora não podemos relaxar", assegurou-nos o extremo.

FC Porto não desiste
Mas há um adversário que ainda não está derrotado. Moncho López, embora reconhecendo o valor da Oliveirense, acredita que o FC Porto pode lutar ainda pelo título. "A equipa está bem e mentalizada. O que nos impediu de vencer os primeiros jogos foi o basquetebol da Oliveirense, nada mais do que isso. Foi melhor do que nós", salientou no site do clube.

Caso o FC Porto ganhe o jogo desta noite, a Oliveirense ainda tem mais um hipótese de ser campeã no Dragão Caixa, no domingo. Caso contrário, tudo se decidirá no 5.º e último jogo do playoff, em Oliveira de Azeméis.

Autor: Vítor Ventura