Parceria inédita entre NBA e FPB resulta na criação de uma Liga mista para jovens

Jesus Bueno, vice-presidente da NBA para a Europa, afirma que vai ser "uma experiência única para os miúdos"

• Foto: Fernando Ferreira

Uma liga mista para jovens de 11 e 12 anos, criada numa parceria entre a NBA e a Federação Portuguesa de Basquetebol, foi esta terça-feira apresentada na sede do Comité Olímpico de Portugal.

Numa fase inicial, o projeto irá envolver 30 escolas da região de Lisboa e outras 30 do Porto, em competições autónomas, apurando-se para os playoffs as 16 escolas melhor classificadas de cada fase regular.

Um draft será realizado antes de a competição se iniciar, no qual cada escola ficará a conhecer qual a equipa da NBA que irá representar.

A ex-estrela da WNBA Ticha Penicheiro, e Betinho, internacional português que representa atualmente a formação do Trento, da série A-1 de Itália, foram nomeados os embaixadores deste evento.

"É um prazer e uma grande honra ser embaixadora deste projeto em Portugal. É uma parceria incrível e a federação está de parabéns. Incentiva a juventude portuguesa a praticar desporto. Dá aos jovens a oportunidade de vestir uma camisola da NBA. É um orgulho dar a cara por este projeto", sublinhou a ex-basquetebolista lusa, que foi campeã da WNBA em 2005 pelas Sacramento Monarchs.

Jesus Bueno, vice-presidente da NBA para a Europa e antigo base internacional espanhol, que iniciou o seu percurso no FC Barcelona, acredita que o novo evento terá grande sucesso em Portugal. "Esta iniciativa começou há dois anos em Espanha. É uma experiência única e esperamos que os miúdos se divirtam. Na NBA estamos confiantes de que será uma grande festa", referiu.

Para Manuel Fernandes, presidente da FPB, esta iniciativa "trata-se de um importante projeto com a marca da NBA". "será uma competição aliciante para jovens dos 11 e 12 anos. E trata-se de mais uma importante convergência entre o desporto federado e o desporto escolar", salientou o líder federativo.

O lado mais institucional também esteve representado. João Paulo Rebelo, secretário de Estado da Juventude e Desporto, confessou que foi um praticante modesto de basquetebol nos seus tempos de estudante em Viseu e congratulou-se com esta convergência entre o desporto federado e o escolar.

"Este projeto ira alargar mais a base da pirâmide aos jovens atletas. E tem a marca brutal da NBA", constatou.

O Comité Olímpico de Portugal (COP) também pretende ter um papel importante no sucesso e na divulgação desta Liga mista para os jovens de 11 e 12 anos. O presidente do COP, José Manuel Constantino, classificou a FPB como uma das federações mais inovadoras e ousadas do desporto nacional.

"O trabalho de uma federação não se esgota nas competições desportivas. O país desportivo deve à federação de basquetebol um tributo que nunca lhe foi reconhecido. Esteve na linha da frente na formação de treinadores e no desenvolvimento de outros projetos. E até o futebol adaptou alguns dos seus modelos para o seu desenvolvimento", enalteceu o líder do COP.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Basquetebol

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.