Taça de Portugal: Benfica "varre" Illiabum por 100-54

Águias marcam encontro com V. Guimarães

• Foto: Hugo Monteiro

O Benfica garantiu esta quinta-feira como anunciado um lugar nas meias-finais da Taça de Portugal de basquetebol, ao superar com enorme facilidade o secundário Illiabum por 100-54, em Oliveira de Azeméis.

A formação líder da Liga não deu quais hipóteses ao comandante da Proliga, num segundo embate da final a 8 que estava 'terminado' após um período (35-16) e não foi mais que um treino competitivo para o conjunto comandado por Carlos Lisboa, que pôde gerir a equipa, poupando nomeadamente Daequan Cook.

Jeremiah Wilson, com 19 pontos e 12 ressaltos, foi o melhor do Benfica, enquanto Rafael Wildner e Isaías Insaly, ambos com nove pontos, lideraram o conjunto de Ílhavo, que atuou desfalcado do seu norte-americano (Robert Crawford).

O Benfica assumiu o comando desde início, com o equilíbrio a durar apenas cinco minutos (16-11), já que rapidamente o conjunto de Carlos Lisboa, muito certeiro nos lançamentos e dominador absoluto nas tabelas, começou a distanciar-se.

A formação 'encarnada' já vencia por 19 pontos no final do primeiro período (35-16), passou a meio do segundo com mais de 50 marcados (51-22) e fechou-o 41 à maior (66-25) e impressionantes 78,3 por cento nos 'tiros' de dois (18 em 23).

Com tudo mais do que decidido, e o Benfica em poupanças, o Illiabum logrou alguma superioridade no início da segunda parte (73-38), após um parcial de 7-13, mas a normalidade voltou, com o terceiro período a fechar com 83-40.

Os detentores do troféu chegaram aos 100 pontos com um 'triplo' do 'capitão' Diogo Carreira, ainda a 3.03 minutos do fim, e já não marcaram mais, vencendo por 46 pontos e marcando encontro nas 'meias' com o Vitória de Guimarães, no sábado.

Jogo no Pavilhão Dr. Salvador Machado, em Oliveira de Azeméis.

Benfica-Illiabum, 100-54.

Ao intervalo: 66-25.

Sob a arbitragem de Nuno Monteiro, Paulo Marques e Diogo Martins, as equipas alinharam e marcaram:

Benfica: Ivica Radic (12), Jeremiah Wilson (19), Mário Fernandes (5), Daequan Cook (13) e Carlos Andrade (4). Jogaram ainda Tomás Barroso (3), Marko Loncovic (17), João Soares (8), Nuno Oliveira (16), Diogo Gameiro, Diogo Carreira (3) e Ricardo Monteiro.

Treinador: Carlos Lisboa.

Illiabum: Rafael Wildner (9), Augusto Sobrinho (7), Isaías Insaly (9), João Figueiredo (5) e Sérgio Correia (4). Jogaram ainda Tiago Almeida, Carlos Cardoso (7), Pedro Santos (8), Bolon Sauane (2) e André Gamelas (3).

Treinador: Ricardo Vasconcelos.

Marcha do marcador: 16-11 (05 minutos), 35-16 (primeiro período), 51-22 (15), 66-25 (intervalo), 73-35 (25), 83-40 (terceiro período), 93-49 (35) e 100-54 (resultado final).

Assistência: Cerca de 300 espetadores.

Por Flávio Miguel Silva e Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Basquetebol

Notícias

Notícias Mais Vistas