Taça de Portugal: Vitória de Guimarães assegura "meias"

Vimaranenses bateram Atlético (70-59)

Ervin Kiley destacou-se com 13 pontos pelo V. Guimarães.
• Foto: Luís Vieira

O Vitória de Guimarães confirmou esta quinta-feira o favoritismo e bateu o 'secundário' Atlético por 70-59, qualificando-se para as meias-finais da Taça de Portugal de basquetebol, em Oliveira de Azeméis. No primeiro encontro da final a 8, a formação minhota esteve muito longe de efetuar um bom jogo, mas, ainda assim, fez o suficiente para se impor ao conjunto de Proliga, que atuou desfalcado do seu melhor jogador (Sérgio Ramos).

Destaque para os 69 por cento (20 em 29) nos 'tiros' de dois pontos e os 39 ressaltos (contra 29) dos vimaranenses e para o desacerto nos 'triplos' (quatro em 17, com três marcados já no fim) e a 'ausência' de banco (dois pontos) do Atlético.

O conjunto de Fernando Sá apenas esteve em desvantagem no primeiro período e chegou a liderar por 17 pontos (57-40), no início do quarto, mas ainda se assustou, quando o Atlético se colocou a seis (65-59), a 1.38 minutos do fim.

Ervin Kiley, com 13 pontos e 10 ressaltos, e Nebojsa Sukity, com 12 pontos e sete ressaltos, lideraram os vimaranenses, enquanto João Marques e Miguel Barroca, ambos com 16 pontos, foram os melhores do conjunto de Alcântara.

Depois do Atlético marcar o primeiro cesto (0-2), o Vitória de Guimarães respondeu com um parcial de 8-0 e parecia querer resolver cedo o jogo, mas nada disso aconteceu, prevalecendo o equilíbrio até final do primeiro período (19-16).

A tendência manteve-se no segundo, mas apenas até cerca dos 16 minutos (24-22), pois, a partir daí, os minhotos, aproveitando a rotação adversária, começaram a 'fugir' e já chegaram com nove pontos à maior (39-30) ao intervalo.

Quatro pontos de Miguel Barroca a abrir o terceiro período (39-34) ainda prometeram o 'regresso' do Atlético, mas, mesmo sem nunca passar do razoável, o Vitória nunca perdeu o comando do jogo e foi-se afastando no marcador.

O encontro estava, praticamente, resolvido, à entrada para o último período (57-40), mas um ainda mais desacerto dos minhotos ainda trouxe alguma emoção. O Atlético reduziu para 65-59, mas já não deu para mais.

Jogo no Pavilhão Dr. Salvador Machado, em Oliveira de Azeméis.

Vitória de Guimarães-Atlético, 70-59.

Ao intervalo: 39-30.

Sob a arbitragem de Luís Lopes, Jorge Cabral e Pedro Lourenço, as equipas alinharam e marcaram:

Vitória de Guimarães: Paulo Cunha, Pedro Pinto (10), João Balseiro (11), Nebojsa Dukity (12) e Ervin Kiley (13). Jogaram ainda Pedro Catarino (9), Rui Quintino (5), João Guerreiro (8) e Hugo Sotta (2).

Treinador: Fernando Sá.

Atlético: Miguel Barroca (16), Jorge Afonso (7), João Marques (16), Hugo Aurélio (8) e João Manuel (10). Jogaram ainda António Nabais (2), José Torres, Miguel Araújo, Tiago Magalhães e Jorge Pires.

Treinador: Hugo Sousa.

Marcha do marcador: 8-10 (05 minutos), 19-16 (primeiro período), 26-22 (15), 39-30 (intervalo), 45-34 (25), 56-40 (terceiro período), 61-48 (35) e 70-59 (resultado final).

Assistência: Cerca de 100 espetadores.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Basquetebol

Notícias

Notícias Mais Vistas