Treinador adjunto do Sporting após o triunfo sobre o FC Porto: «Há muito campeonato ainda»

António Ferreira, 'braço direito' do técnico Luís Magalhães, assume que ainda nada está ganho

• Foto: David Cabral Santos

O Sporting continua invicto na Liga Placard após derrotar o FC Porto (63-57) em duelo da 8.ª jornada e no final do encontro o treinador adjunto dos leões, António Ferreira, mostrou satisfação pelo triunfo, mas vincou a ideia de que nada está ganho.

"O jogo é marcado fundamentalmente por duas características. O facto de serem duas equipas que se conhecem muito bem, o resultado traduz a capacidade de 'scouting' que as equipas têm, anularam-se mutuamente e as defesas tiveram preponderância. É um jogo entre duas equipas que ainda não tinham perdido e marcado por uma ansiedade natural, que faz com que os jogadores cometam erros. As defesas claramente sobrepuseram-se à capacidade ofensiva que as duas equipas têm. A aproximação e o afastamento que o resultado teve é fruto da dinâmica que um jogo de basquetebol tem. As equipas têm momentos que estão melhores e momentos menos bons. Temos o mérito de nunca ter perdido o comando. Isso deixou-nos aquele capital de confiança que nos permitiu chegar ao final e ganharmos", afirmou o adjunto de Luís Magalhães.

"Há muito campeonato ainda. Isto é um jogo de fase regular. Para nós, é mais uma vitória, que nos deixa satisfeitos, porque estar na frente é bom e é o que queremos, mas daqui até ao ponto alto das decisões ainda temos um caminho muito longo, o play-off começa em abril", acrescentou.

Elogios aos bases da equipa

"As grandes prestações só acontecem porque há uma equipa em torno deles, que lhes dão esses espaços e essa oportunidade. Estamos muito bem servidos na posição de base. Temos dois bases de nacionalidade portuguesa, que têm uma grande qualidade, não apenas técnica e tática, mas também humana, que os faz perceber qual é o papel que têm dentro do enquadramento da equipa. Sentimos que temos dois dos melhores bases da realidade portuguesa do momento. O [Diogo] Ventura teve um papel importante no jogo, não só a jogar e fazer jogar, mas a dar a solidez que nos caracteriza como equipa."

Por Record com Lusa
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Basquetebol

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.