Cansado de ser piada, ex-jogador da NBA revela assassinato da amante e da filha de 10 meses

Eddy Curry confessa que a mulher foi e é o seu porto seguro

Eddy Curry e Patrice
Eddy Curry e Patrice
Eddy Curry e Patrice

Aos 37 anos, Eddy Curry abre o livro da sua vida e conta como sobreviveu ao momento mais difícil da sua vida em 2009. Numa carta aberta, o antigo basquetebolista da NBA conta que está cansado de ser visto como uma piada, por ser grande, forte e lento - "tem sido assim há mais de uma década", diz - e que por isso resolveu contar o drama pelo qual passou.  

Eddy Curry confessa que "a 24 de janeiro de 2009, jogava nos New York Knicks". "Jogávamos fora e eu estava sentado no banco quando alguém me chama: tens de ir lá dentro, querem falar contigo", conta. Era o início de uma história dramática.

"Quando cheguei à sala, vi um dos meus amigos a chorar. Eu não sabia o que tinha acontecido e ele só me disse para ligar ao meu agente. Agarrei no telefone e perguntei o que se passava. Houve um silêncio e depois... "Irmão, a Nova morreu. Mataram-na. Estou aqui na cena do crime. Há sangue por todo o lado. Penso que a bebé também pode estar morta", relata. Nova era a amante de Eddy Curry. 

"Muitas pessoas não conheciam a Nova. Estive com ela alguns anos enquanto jogava nos Knicks. Tivemos dois filhos. No dia em que a Nova foi assassinada - abatida a sangue frio em Chicago - uma das muitas pessoas que não a conheciam era a minha mulher, Patrice", admite Eddy Curry, continuando a descrição: "Patrice também não sabia dos filhos que tive com a Nova - a minha filha Ava de 10 meses e Noah de 3 anos. Mantive tudo em segredo. De todos, durante anos".

Eddy Curry era informado do assassinato da amante e da filha e Patrice ficava a saber que durante anos tinha sido traída. 

O relato dramático de Eddy Curry conta ainda como Noah, de 3 anos, estava em casa, quando a mãe e a irmã foram assassinadas, mas como era muito pequeno não se apercebeu o que realmente tinha acontecido: "Ele tentou acordar a mãe e a irmã, como não conseguiu e pensando que estavam a dormir, encostou-se e adormeceu também."

Atualmente Noah, com 14 aos, vive com o pai e Patrice, a mulher que apesar de tudo nunca abandonou Eddy Curry. 

"Patrice é uma mãe incrível para todos os sete filhos, e isso definitivamente inclui Noah. Ele tem agora 14 anos e, apesar de não ser seu filho de sangue, e ter chegado à vida dela da maneira mais difícil que se possa imaginar, ela o ama de coração. E ele sabe disso, sente esse amor e chama-a de mãe."

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de NBA

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.