Carmelo Anthony diz que aceitaria reduzir salário para jogar com LeBron James

Reunião de amigos à vista na NBA?

• Foto: Getty Images Sport

Nos últimos tempos tem sido tema de conversa uma possível reunião de amigos na NBA, com a presença de LeBron James, Chris Paul e Dwyane Wade, e esse cenário parece não ser assim tão surreal como até há pouco tempo se pensava...

Primeiro foi LeBron a abrir a porta. "Realmente espero que, antes da nossa carreira acabar, todos nós possamos jogar juntos. Pelo menos uma ou duas temporadas. Eu diminuiria o meu salário por isso. Seria muito bom. E, sim, pensei nisso...", admitiu recentemente o craque dos Cleveland Cavaliers, ao "Bleacher Report".

Ora, a declaração de LeBron teve logo o condão de despertar a curiosidade da imprensa norte-americana para saber a opinião dos outros dois "envolvidos". Carmelo Anthony foi o primeiro a reagir e deixou uma porta (bem) aberta a essa possibilidade. "Ainda temos vários anos na Liga. Todos sonhamos com isso de vez em quando. Todos temos fantasias, todos teriam que aceitar reduzir os seus salários. Eu cortaria o meu... E, em alguma altura, talvez queirámos ir para um lugar quente. Mas, mais para frente, perto da retirada", atirou Carmelo, ao "New York Post", depois da vitória dos Knicks sobre os Bulls esta madrugada.

Por Fábio Lima
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de NBA

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.