Curry revoltado com o caso de George Floyd: «Foi assassinado, a sua vida negra não interessava»

Imagens do polícia com o joelho no pescoço da vítíma estão a chocar os EUA e o Mundo

A imagem do polícia com o joelho em cima do pescoço de um homem deitado no chão já corre mundo e está a chocar os Estados Unidos. Tratou-se de George Floyd e a cena foi filmada por transeuntes, que imploraram ao agente da autoridade que não pressionasse o pescoço da vítima. O próprio Floyd disse insistentemente que não conseguia respirar, mas nem assim conseguiu demover o polícia. E acabou por morrer.

LeBron James foi dos primeiros a pronunciar-se sobre o triste episódio e agora Stephen Curry, jogador dos Golden State Warriors, juntou-se-lhe, manifestando também no Instagram a sua revolta.

"George Floyd. Se esta imagem não perturba e não te deixa zangado, então não sei... Já vi muitas pessoas a falar e a dizer o quão fartas e zangadas estão. Ainda bem que assim é, mas isto é a mesma, a mesmíssima realidade por que já passámos. George Floyd. George Floyd. O George tem uma família. O George não merecia morrer. O George implorou por ajuda e foi ignorado, o que mostra bem que a sua vida negra não interessava. O George foi assassinado. O George não era humano para aquele polícia que lenta e propositadamente tirou a sua vida", escreveu o jogador.

1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de NBA

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0