Derrick Rose: «Foi sexo consentido»

Base dos Knicks e a acusação de violação

O base dos New York Knicks, Derrick Rose, compareceu pela primeira vez no tribunal de Los Angeles, local onde está a ser acusado de violar uma mulher, juntamente com dois amigos, num caso que remonta a agosto de 2013.

No tribunal, o base que se mudou esta época dos Chicago Bulls para os Knicks garantiu inocência, defendendo que o sexo foi consentido. "Eu assumi que estávamos ali porque queríamos todos ter relações sexuais", disse Rose, enquanto a vítima chorava ao ouvir o jogador de basquetebol, de acordo com os relatos da imprensa norte-americana.

Do outro lado, a mulher de 30 anos que tinha saído com Rose algumas vezes alega que foi drogada e forçada para ter sexo com Rose e os seus amigos.

Recorde-se que a vítima, que preferiu manter-se no anonimato, reclama agora uma indemnização no valor de 21,5 milhões de dólares.

Por Diogo Jesus
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de NBA

Resultados

Todos os números da competição na época 2019/20

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0