Kobe Bryant: o eterno “All-Star” que era apaixonado pela Ferrari

Lenda da NBA também era um aficionado dos automóveis, tendo mesmo visitado Maranello

Reconhecido por todos como um dos melhores jogadores da história da NBA, Kobe Bryant ultrapassou as barreiras do basquetebol e desde cedo inscreveu o seu nome nas páginas do desporto. A sua morte – faleceu este domingo num acidente de helicóptero, juntamente com a sua filha Gianna, aos 41 anos – está a ser chorada pelo mundo do desporto mas é transversal a toda a sociedade, não fosse Kobe um nome praticamente unânime dentro da modalidade.

Bryant, que ganhou cinco campeonatos da NBA durante os seus 20 anos de carreira, todos com os LA Lakers, acabou a carreira em 2016, num jogo diante dos Utah Jazz. Sagrou-se duas vezes campeão olímpico com a selecção dos Estados Unidos e foi convocado por 18 ocasiões para o All-Star Game.

Além do amor pelo desporto, Bryant também era um aficionado dos automóveis, sobretudo da Ferrari, tendo mesmo visitado as instalações da marca, em Maranello. A paixão pela marca do "Cavallino Rampante" começou muito cedo, já que aos seis anos Kobe foi viver com os pais para Itália, quando o pai – antigo jogador dos Philadelphia 76ers – deixou a NBA para jogar na Europa.

Em Itália, Bryant começou a ter contacto com o futebol, passando a ser adepto do AC Milan e do FC Barcelona, e com os automóveis, começando aqui a sua paixão pela Ferrari. As raízes mantiveram-se e Kobe, que era fluente em italiano, expressou por diversas ocasiões a sua paixão por Itália.

Apaixonado pela Ferrari

Em 2016, poucas semanas depois de se ter retirado do basquetebol, Kobe regressou a Itália para visitar a fábrica da Ferrari em Maranello. "Uma lenda visita uma lenda", pode ler-se no comunicado que a marca transalpina fez nesse dia, onde também ficámos a saber que Kobe teve oportunidade de testar três automóveis: guiou o F12tdf e o FXX-K em pista e o GTCLusso em estrada.

Depois disso visitou a linha de produção e o departamento de personalização da marca e acabou a visita, como não poderia deixar de ser, com uma foto em frente à antiga casa de Enzo Ferrari, entre dois modelos da marca italiana: 488 GTB e California T.

"Aprendi o que paixão, criatividade e imaginação realmente significam aqui", disse Bryant à Ferrari Magazine, logo depois da visita. "Ter crescido nestas cidades cheias de história foi uma constante inspiração e um constante desenvolvimento para a minha imaginação".

Na sua garagem tinha dois automóveis da marca de Maranello: um F430 Spider e um F458 Spider.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de NBA

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.