Liga e jogadores chegam a entendimento para novo contrato coletivo de trabalho

Acordo terá ainda de ser ratificado pelos proprietários das equipas

• Foto: Reuters
A NBA e o sindicato de jogadores chegaram na quarta-feira a entendimento para um novo contrato coletivo de trabalho que vigore os próximos sete anos. Em comunicado, a NBA salvaguardou, porém, que este entendimento tem ainda de ser ratificado pelos proprietários das equipas, embora confie que tudo fique formalizado "nas próximas semanas".

As duas partes chegaram a este entendimento apenas a um dia do 'deadline' que permitia a um dos lados acionasse a cláusula que renova o atual contrato coletivo de trabalho por mais seis anos.

No mesmo comunicado, a NBA explicou que esse prazo foi prolongado para 13 de janeiro, de forma que todas as partes estudem pormenorizadamente os novos termos.

Um dos pontos fulcrais neste novo entendimento é manter a 'fatia', entre 49 e 51 por cento, dos lucros da NBA destinada aos jogadores.

Com os novos contratos televisivos, espera-se que a NBA obtenha lucros entre os quatro e os oito mil milhões de dólares (entre 3.800 e os 7.600 milhões de euros).

Segundo este pré-acordo, a fase regular começará mais cedo e a pré-época reduzida a um máximo de seis jogos de exibição.
Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de NBA

Notícias

Notícias Mais Vistas