Michael Jordan a favor dos protestos contra o racismo: «Já tivemos o suficiente!»

Antiga estrela da NBA deixou mensagem forte

• Foto: Reuters

Michael Jordan reagiu este domingo à recente onda de protestos e violência que tem assolado os Estados Unidos na sequência da morte de George Floyd, assumindo estar ao lado de quem protesta nas ruas contra os casos de racismo. Numa forte mensagem, a antiga estrela da NBA pede que os norte-americanos se unam para pressionar os líderes do país a mudar as leis, ou então apela a que nas próximas eleições se use o voto "para criar uma mudança sistemática".

Leia a mensagem:

"Estou profundamente triste, verdeiramente magoado e claramente furioso. Vejo e sinto a dor, indignação e frustração de todos. Posiciono-me ao lado daqueles que se ergueram contra esse racismo e violência contra as pessoas da nossa cor neste país. Já tivemos o suficiente!

Não tenho respostas, mas as nossas vozes mostram força e a incapacidade de sermos divididos pelos outros. Temos de nos ouvir, mostrar compaixão e empatia e nunca voltar costas a esta brutalidade sem sentido. Precisamos de expressões pacíficas contra a injustiça e exigimos responsabilidade. A nossa voz unida tem de pressionar os nossos líderes a mudarem a nossas leis ou então temos de usar o nosso voto para criar uma mudança sistemática. Cada um de nós tem de ser parte da solução e devemos trabalhar juntos para assegurar a justiça de todos.

O meu coração está com a família do George Floyd e com os demais cujas as vidas foram brutalmente afetadas por atos de racismo e injustiça"

Ver esta publicação no Instagram

A statement from Michael Jordan:

Uma publicação partilhada por Jordan (@jumpman23) a

Por Fábio Lima
2
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de NBA

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0