O dia em que Durant se fartou de Curry e Thompson: «Eles que fiquem com essa m....»

Draymond Green recorda momento da saída do antigo companheiro para os Brooklyn Nets

• Foto: Reuters

Kevin Durant notabilizou-se nos Oklahoma City Thunder, mas foi ao serviço dos Golden State Warriors que conseguiu vencer campeonatos da NBA. O extremo conquistou dois anéis pelos californianos, mas a verdade é que a glória não foi suficiente para que continuasse na equipa. A saída para os Brooklyn Nets, em 2019, foi agora explicada pelo antigo companheiro Draymond Green, que entende que Durant não se sentia a estrela dos Warriors, devido à influência de Curry e Klay Thompson.

"Na temporada 17/18 o Kevin simplesmente não estava feliz ... De repente, foi como se ele dissesse: 'porra, por que raio o Steph [Curry] está sempre a atirar?' ou 'porra, por que raio o Klay [Thompson] lançou dali?.' E eu pensava: 'conheço os dois e eles definitivamente não estão a olhar para o Durant'", revelou Green, numa conversa com Matt Barnes e Stephen Jackson para o 'All The Smoke'.

O ex-colega de Kevin Durant conta que os jogadores mais experientes tentaram que ele se sentisse confortável no seio da equipa, mas acabou por não funcionar. "De repente, tudo se tornou um problema para ele. Um ano antes, o Kevin disse-me: 'Eles que fiquem com essa m..., vou-me embora'". E a verdade é que foi, com destino a Nova Iorque.

Green recordou ainda o seu papel de coinciliador na altura. "Estava no meio de tudo: dizia ao Steph que devíamos jogar mais com o Kevin, que não tocou na bola em dez ataques, porque eles os dois continuavam a atirar. Mas é isso que eles fazem e é o que os torna ótimos. Mas, às vezes, a equipa tinha de ajudá-los a marcar novamente e isso fazia parte do jogo. Isso nunca foi um problema antes, mas em 2018 foi", sublinhou ainda o atual jogador de Golden State.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de NBA

Notícias

Notícias Mais Vistas