«O que fizemos a Shaquille O'Neal foi vergonhoso»

Quando David Robinson marcou 71 pontos num só jogo e terminou como melhor marcador da fase regular, à frente de 'Shaq'

• Foto: Lusa

Além das polémicas em torno dos Chicago Bulls de Michael Jordan, esta semana fica marcada por outro 'escândalo' na NBA. O último episódio diz respeito aos 71 pontos apontados por David Robinson na última jornada da fase regular da temporada 1993/94, que lhe valeram o título de melhor marcador, superando o então jovem Shaquille O'Neal, dos Orlando Magic.

Os Spurs enfrentaram os Clippers de Ron Harper, Danny Manning, Mark Jackson e Dominique Wilkins. A equipa de Los Angeles estava em fase descendente quando se deparou com um Robinson que precisava de somar mais 5 pontos de O’Neal para conseguir o troféu individual. Shaq fez 32 pontos, enquanto 'O Almirante' somou 71 naquela jornada.

Mas Dominique Wilkins, adversário dos Spurs de Robinson naquele jogo, revelou agora que tudo se tratou de um plano do proprietário dos Clippers, Donald Sterling.

"O técnico Bob Weiss disse-nos que tinha recebido ordens superiores para tirar os cinco titulares de campo no início do primeiro período. Perguntámos o porquê e Weiss explicou-nos que Sterling queria que o título de melhor marcador ficasse no Oeste", revelou.

"Tirei o equipamento e fui-me embora. O que fizemos foi vergonhoso", acrescentou Ron Harper.

Por Andreia Candeias
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de NBA

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0