Fernando Pimenta abandona no K1 5000 em prova acidentada

Atleta português bastante crítico para com a organização

Canoísta português ficou bem marcado
Canoísta português ficou bem marcado
Canoísta português ficou bem marcado

Depois das duas medalhas de ouro conquistadas nos dias anteriores, no K1 1.000 e no K1 500, Fernando Pimenta entrava este domingo na última prova da Taça do Mundo de Poznan, na Polónia, com o moral em alta e também com total favoritismo do seu lado, mas numa situação rara acabou por desistir no K1 5000. Um abandono inesperado e pouco visto para o atleta nacional, que sucedeu logo após a primeira transição, feita fora de água (recente novidade introduzida nesta distância e que era apenas aplicada nas provas maratona), depois de ter chegado a liderar durante a primeira volta.

O vice-campeão olímpico em Londres’2012 explicou as dificuldades que encontrou: "Fui abalroado numa das saídas que tinha de fazer com o barco, na parte em que tinha de correr. Partiram-me o leme e a pagaia e ainda fiquei magoado", contou-nos Pimenta, lembrando que a desistência é uma situação muito rara na sua carreira. "Que me lembre, desisti em 2006, num mundial de maratona júnior."

Nas redes sociais, refira-se, Fernando Pimenta também expressou a sua insatisfação e nas Histórias até partilhou uma foto da 'marca de guerra' que trouxe de Poznan. "Gostava de ter conquistado mais, mas infelizmente na prova dos 5000mts tive um "acidente" o que me obrigou a abandonar a prova. Leme partido, pagaia partida e uma negra no tendão de Aquiles. Fico triste por não conseguir terminar a prova, mas de cabeça erguida", escreveu o atleta do Benfica.

Por Ana Paula Marques e Fábio Lima
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Canoagem

Notícias

Notícias Mais Vistas