Fernando Pimenta e Emanuel Silva esperam bons resultados no Rio de Janeiro

Medalhas são objetivo a alcançar

• Foto: Bruno Teixeira Pires

Fernando Pimenta e Emanuel Silva revelaram esta quarta-feira que acreditam ser possível à canoagem a conquista de medalhas nos Jogos Olímpicos Rio'2016, repetindo a prata nos K2 1.000 metros de Londres2012.

"Penso que sim [é possível chegar à medalha]. Vou chegar com 27 anos frescos. Vou fazer anos já no Rio e espero ter aí a minha prenda de anos", admitiu Pimenta, que, ao lado de Emanuel Silva, venceu a única medalha portuguesa em Londres.

No Rio'2016, Pimenta assume que "o primeiro objetivo é chegar às finais, quer no K1 como no K4, depois, nas finais, a história é sempre diferente".

"É conseguir chegar à final na máxima força e depois certamente que virá um excelente resultado", disse.

Fernando Pimenta assegurou no domingo a vaga portuguesa em K1 1.000 metros, uma "luta" antiga do canoísta, que recorda que "a última época foi fantástica".

"Consegui a primeira medalha no K1 1.000 metros, a segunda em campeonatos do Mundo em distâncias olímpicas. Agora é continuar o trabalho. Faltam 107 dias para começar a canoagem e há ainda muito trabalho a fazer", afirmou.

À margem de uma cerimónia no Cristo Rei, em Almada, que marcou os 100 dias para o início dos Jogos, Emanuel Silva, que vai integrar as embarcações de K2 e K4, diz que está "tudo bem encaminhado" na canoagem portuguesa, na qual "nunca faltou vontade".

"É isso que vamos levar para o Rio de Janeiro, uma equipa com muita vontade de voltar a repetir os resultados de 2012. É possível, só temos de acreditar e estar num dia sim", afirmou.

Quando questionado sobre uma segunda medalha olímpica, Emanuel Silva diz que "prometer é fácil, mas cumprir é mais difícil".

"Podemos sim, trabalhar e prometer que vamos dar tudo por tudo pelo melhor resultado para o país, não podemos prometer medalhas. Vamos lá para competir, para ganhar. Temos vindo a mostrar que a canoagem tem conquistado muitos resultados, temos uma equipa muito coesa e temos de aproveitar essa equipa que temos, a vontade que temos e não olhar muito a pressão, porque isso não existe", assumiu.

As condições na Lagoa Rodrigo de Freitas, local da competição da canoagem, têm preocupado e as embarcações vão ter uma peça para cortar as algas.

"Claro que nos preocupa. Essa peça vai ser posta na zona do leme. Caso alguém apanhe algas é muito prejudicial. Espero que isso não aconteça a ninguém, para que, acima de tudo, haja um bom espetáculo e verdade desportiva", afirmou Pimenta.

Para Emanuel Silva, as condições "são iguais para todos os atletas, independentemente se está calor, se está frio".

"Não vou estar preocupado com isso, sim com a minha forma física. O meu medo nestas competições é ficar doente ou ter qualquer tipo de problema. Quanto ao resto é igual para todos, a pista é balizada, existem 1.000 metros, o primeiro a chegar à meta é o melhor, o resto são fatores que não fazem sentido", admitiu.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Canoagem

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.