Record

Fernando Pimenta recebeu medalha de mérito de Montemor-o-Velho

Atribuição da medalha foi aprovada antes dos resultados do Mundial

O canoísta Fernando Pimenta recebeu esta quinta-feira a medalha de mérito do município de Montemor-o-Velho, no distrito de Coimbra, onde conquistou os títulos mundiais de K1 1.000 e K1 5.000 metros no final de agosto.

A atribuição da medalha foi aprovada antes dos resultados do Mundial e esteve agendada para 8 de setembro, mas acabou por não ser entregue devido à indisponibilidade do atleta de Ponte de Lima.

"Não esperaram por eu ser campeão do mundo, acreditaram no meu trabalho e isso é um grande voto de confiança para mim", disse esta quinta-feira Fernando Pimenta, numa sessão informal nos Paços do Concelho de Montemor-o-Velho.

Fernando Pimenta, tricampeão europeu em K1 1.000 metros, revalidou no dia 26 de agosto o título em K1 5.000 - distância não olímpica -, repetindo o êxito alcançado em Racice, na República Checa, em 2017, um dia depois de ter alcançado o ouro em K1 1.000 pela primeira vez.

Na sessão, o canoísta salientou: "É uma distinção importante, por ser no concelho onde cresci como atleta [no Centro Náutico] e do qual nunca mais me vou esquecer."

"Agora, tenho de continuar a trabalhar", sublinhou o atleta, que tem a esperança de "voltar a ter outro mundial como o de Montemor-o-Velho".

O presidente do município de Montemor-o-Velho, Emílio Torrão, salientou a "humildade e dedicação" de Fernando Pimenta, que demonstrou "ser um grande campeão", justificando a homenagem com o seu percurso desportivo e o facto de treinar no concelho e se integrar na comunidade.

Além da distinção a Fernando Pimenta, o município de Montemor-o-Velho homenageou também a Federação Portuguesa de Canoagem e o seu presidente, Vítor Félix, pela organização do Mundial de canoagem de 2018, que foi considerado pela Federação Internacional como "o melhor de sempre".

"Queremos enaltecer a federação pela excelente organização do mundial, empenho e trabalho em prol da canoagem portuguesa e do Centro Náutico de Montemor-o-Velho", frisou Emílio Torrão.

A Federação Portuguesa de Canoagem entregou também aos Bombeiros Voluntários locais um donativo no valor de 1.610 euros, correspondente a 10% da receita de bilheteira da assistência do mundial.

Na sessão, foram ainda assinados contratos com 11 dos 15 jovens estudantes atletas de canoagem que treinam no Centro de Alto Rendimento de Montemor-o-Velho e que vão ocupar a residência universitária da canoagem do concelho.
Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Canoagem

Notícias

Notícias Mais Vistas

M M