GNR recupera kayak furtado a Fernando Pimenta

Um homem de 48 anos é o suspeito do crime de furto ao campeão mundial de canoagem

• Foto: Luís Guerreiro / Correio da Manhã

O comando territorial do Porto da Guarda Nacional Republicana (GNR) recuperou o kayak que tinha sido furtado ao atleta Fernando Pimenta, campeão mundial de canoagem e medalhado olímpico, tendo o suspeito sido constituído arguido, revelou este domingo a GNR.

Um homem de 48 anos é o suspeito do crime de furto, especificou a força de segurança, adiantando que a recuperação do kayak, furtado em março e avaliado em cerca de três mil euros, foi possível graças à ação do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Matosinhos, no dia 11 de setembro.

O kayak em causa foi utilizado por Fernando Pimenta na prova que o sagrou campeão do mundo nos Mundiais de Canoagem, em 2018.

"Os militares da Guarda encetaram um conjunto de diligências policiais e de investigação que permitiu a recuperação do referido kayak e a identificação do principal suspeito do furto", salientou a GNR, avançando que o kayak vai ser entregue ao seu legítimo proprietário.

No final de março, Fernando Pimenta deu conta através das redes sociais do furto, explicando que o kayak se encontrava em exposição na Triauto, seu patrocinador, em Vila do Conde.

"O suspeito, com antecedentes criminais neste tipo de crimes, foi constituído arguido, e os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Vila do Conde", finalizou a GNR.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Canoagem

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.