Mundiais: Presidente da Federação radiante com melhor desempenho de sempre

Vítor Félix elogia trabalho dos canoístas

• Foto: Arquivo/Manuel Araújo

O presidente da Federação Portuguesa de Canoagem, Vítor Félix, destacou este domingo o "melhor campeonato de sempre" da seleção, culminado o ouro de Fernando Pimenta em K1 5.000 e a prata nos 1.000, nos Mundiais da República Checa.

"O balanço é muito positivo. É o melhor campeonato do Mundo de sempre da canoagem, com duas medalhas, uma de ouro e uma de prata através do superatleta que é Fernando Pimenta. Não contente com prata de sábado, e sendo muito ambicioso, pelo que lhe ficou um sabor amargo, foi recompensado com o titulo mundial. Foi fechar com chave de ouro, pois Portugal vai organizar os mundiais de 2018", congratulou-se.

O dirigente elogiou o desempenho global da seleção, recordando que metade das tripulações atingiram o top-10, sentindo-se apenas frustrado pelos resultados da equipa masculina, nomeadamente o K2 1.000 de Emanuel Silva e João Ribeiro e o K4 500 que ambos fazem com David Fernandes e David Varela.

"Tiveram resultados menos conseguidos, no entanto trata-se de experiências, pois estamos no primeiro ano do ciclo olímpico. Vamos avaliar todos os resultados para podemos estar em boas condições para atacar o apuramento (2019) e os Jogos Olímpicos", prometeu.

Elogios para Teresa Portela, que "voltou ao seu melhor nível a disputar as finais de K1 200 e 500", e ainda ao K4 500 que esta faz com Joana Vasconcelos, Francisca Laia e Márcia Aldeias, com um 10.º lugar "muito promissor".

Maior compreensão para as canoas de Hélder Silva e Nuno Silva pelo facto de o primeiro estar a mudar dos 200 para os 1.000, nova distância olímpica, e esperança no futuro das juniores Beatriz Barros e Márcia Faria.

O diretor técnico nacional, Ricardo machado, fez um balanço geral "muito positivo": "Em termos de medalhas foi o nosso melhor mundial de sempre, com ouro e prata. Com estes factos, não há argumentos que justifiquem outras palavras".

"É óbvio que nem todas as tripulações conseguiram o objetivo preconizado, até pelos próprios atletas. Agora é refletir e alterar o necessário para o ano continuarmos o caminho de ascensão para chegar ao apuramento olímpico e Jogos na melhor força possível", concluiu.

Hélio Lucas elogiou o seu pupilo Fernando Pimenta, destacando a sua vontade indomável e "esforço para ser cada vez melhor", depois de este ano ter sido também campeão da Europa em K1 1.000 e 'vice' nos 5.000.

"É um atleta com ambição, quer chegar sempre mais além, é determinado. Preocupa-se apenas com as suas questões de atleta, é disciplinado, rigoroso e humilde, o que o faz ir mais além", congratulou-se.

A terminar, uma convicção: "Penso que estamos a falar talvez do atleta em Portugal com melhores resultados. É fantástico".

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Canoagem

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.