Record

Mundial de maratona: Portugal com as derradeiras oportunidades para nova medalha

Competição decorre no Rio Cávado, na Vila de Prado

• Foto: Lusa
Portugal tem este domingo as quatro últimas oportunidades para conquistar medalhas nos Mundiais de canoagem em maratona, com oito tripulações em competição no Rio Cávado, na Vila de Prado.

As provas de equipas, em K2 e C2 seniores, dominam o programa, com destaque para a possibilidade de três candidatos ao pódio em K1 e C1 atingirem o pódio falhado, por diferentes motivos, em monolugar.

Com seis títulos de campeão da Europa e vice-campeão mundial em 2012, José Ramalho, que foi sexto em K1, no sábado, após ter tido problemas com a embarcação, vai alinha com o menos experiente Ricardo Carvalho.

Nas canoas, Nuno Barros, campeão do mundo em 2010 e medalha de bronze em 2014, 2015 e 2016 em C1, que foi quinto no sábado, vai estar com Felipe Vieira na luta por um lugar de relevo.

O vice-campeão da Europa Rui Duarte Lacerda, nono no sábado, vai fazer equipa com Ricardo Coelho.

Portugal já conquistou uma medalha de ouro, na competição de C1 em sub-23, por Sérgio Maciel, na sexta-feira.
Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Canoagem

Notícias

Notícias Mais Vistas

M