Fabio Jakobsen em coma induzido após grave queda na Volta à Polónia

UCI considera comportamento de Dylan Groenewegen inaceitável e desclassificou-o da prova

A carregar o vídeo ...
Vídeo amador mostra violência da assustadora queda no final da 1.ª etapa da Volta à Polónia

O ciclista da Deceuninck-Quick Step, Fabio Jakobsen sofreu esta quarta-feira uma violenta queda na 1.ª etapa da Volta à Polónia, tendo sido transportado para o hospital e colocado em coma induzido, referem os meios de comunicação polacos.

Fabio Jakobsen foi 'atirado' contra as barreiras por Dylan Groenewegen (Jumbo-Visma), com quem dividia a luta pela vitória ao sprint.

Segundo avançou Czeslaw Lang, organizador da prova, "o acidente ocorreu quando os ciclistas circulavam a 
Brutal queda junto à linha da meta na Volta à Polónia
cerca de 70 km/h", com culpa para Dylan Groenewegen, que tinha vencido a etapa. No entanto o ciclista foi desclassificado e expulso da prova, tendo a vitória sido entregue a Fabio Jakobsen.

"A União Internacional de Ciclismo (UCI) condena veementemente o comportamento perigoso do ciclista Dylan Groenewegen (Jumbo-Wisma), que enviou Fabio Jakobsen (Deceuninck-Quickstep) contra as barreiras a poucos metros do final, causando um acidente coletivo no final da 1.ª etapa da Volta à Polónia.

"Groenewegen foi desclassificado da prova pelo painel de comissários", refere ainda o comunicado da UCI, que "considera este comportamento inaceitável".

Entretanto, um porta-voz do hospital para o qual Fabio Jakobsen foi transferido, afirmou que o ciclista está a ser operado por uma equipa de médicos ortopédicos e cirurgiões maxilofaciais. "O estado é grave. Temos de esperar", afirmou Tomasz Swierkot, do hospital de Sosnowiec. 

Impressionante queda marca 1.ª etapa da Volta à Polónia: vencedor pode ser desclassificado



1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Ciclismo

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.