Record

Michael Valgren vence Amstel Gold Race

Dinamarquês surpreendeu os favoritos na Holanda

• Foto: EPA
O dinamarquês Michael Valgren (Astana) surpreendeu este domingo os favoritos e venceu a clássica velocipédica Amstel Gold Race, impondo-se no final dos 263 quilómetros entre Maastricht e Valkenburg, na Holanda.

Valgren, de 26 anos, tornou-se o segundo dinamarquês a vencer a prova, depois do triunfo de Bjarne Riis em 1997, levando a bom termo um duplo ataque na parte final da corrida, o último dos quais a 2,2 quilómetros da meta.

Com este arranque, o belga, que tinha sido segundo em 2016, atrás do italiano Enrico Gasparotto, hoje terceiro, destacou-se dos principais candidatos ao triunfo final e levou apenas o checo Roman Kreuziger (Mitchelton-Scott), batendo-o na reta final.

"A equipa contava comigo. Na fuga, tive a ajuda do Jakob Fuglsang, que esteve muito forte, e, depois desse esforço todo, tive de vencer", afirmou Valgren, que já tinha vencido em fevereiro a clássica belga Het Nieuwsblad.

O eslovaco Peter Sagan (BORA-hansgrohe), tricampeão do mundo, seguiu a estratégia vitoriosa de domingo passado no Paris-Roubaix, mas não conseguiu melhor do que liderar o primeiro grupo perseguidor e terminar no quarto posto, à frente do espanhol Alejandro Valverde (Movistar), quinto.

Na prova feminina, a holandesa Chantal Blaak (Boels-Dolmans), campeã do mundo em título, impôs-se ao 'sprint' à compatriota Lucinda Brand (Sunweb) e à australiana Amanda Spratt (Mitchelton-Scott), suas companheiras de fuga, numa prova em que a portuguesa Daniela Reis (Doltcini-Van Eyck Sport) acabou por desistir.
Por Lusa
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Ciclismo

Notícias

Notícias Mais Vistas