Covid-19: Três ciclistas fora da Volta a Burgos por contacto com caso positivo

Todos acusaram negativo e só não iniciaram corrida por precaução

Três ciclistas colombianos da UAE Team Emirates não partiram esta quarta-feira para a segunda etapa da Volta a Burgos por terem estado em contacto, no sábado, com uma pessoa que acusou positivo para covid-19, anunciou a organização.

Em declarações à agência noticiosa EFE, fonte da organização referiu que Sebastiano Molano, Cristian Muñoz e Camilo Ardina estão em isolamento num hotel de Burgos, "por precaução", uma vez que os testes a que se submeteram tiveram resultados negativos.

De acordo com a mesma fonte, os ciclistas vão realizar novos testes, mas independentemente dos resultados não regressarão à prova.

A partir dos Emirados Árabes Unidos, fonte da equipa confirmou que os corredores acusaram negativo para covid-19, mas explicou que, tendo em conta o protocolo estabelecido pela União Ciclista Internacional, foi tomada a decisão de não partirem para a segunda etapa da prova, na qual o português João Almeida (Deceuninck-Quick Step) segue em segundo lugar e lidera a classificação da juventude.

Na terça-feira, os ciclistas Itamar Einhorn e Alex Dowsett, ambos da Israel Cycling Academy não partiram para a primeira etapa por terem estado em contacto com o um caso positivo de covid-19.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Ciclismo

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0