Alarcón diz que 'encosto' a Nocentini foi sem intenção

Espanhol da W52-FC Porto explicou o episódio com o italiano

• Foto: LUSA
Raúl Alarcón (W52-FC Porto), camisola amarela da 79.ª Volta a Portugal em bicicleta, explicou esta quarta-feira que foi sem intenção que encostou o italiano Rinaldo Nocentini (Sporting-Tavira) contra as barreiras, no final da quinta etapa.

"Houve um problema com o Alarcón no final. Empurrou-me contra as barreiras na viragem. Ele disse-me que a bicicleta fugiu... Não sei o que aconteceu. Só digo que me atirou contra as grades e eu não pude passar", disse Nocentini, o segundo classificado da geral, ainda a quente, na chegada a Santa Luzia (Viana do Castelo).

Questionado sobre o encosto ao italiano, Alarcón garantiu que não empurrou o seu vice da geral. "Na curva, tive de abrir um pouco mais. Não foi com má intenção. Como a trajetória foi mais larga até perdi a roda do Gustavo [Veloso]", explicou o espanhol da W52-FC Porto.

Depois da quinta etapa, que terminou no Santuário de Santa Luzia e que foi conquistada por Veloso, Alarcón lidera a geral com 25 segundos de vantagem sobre Nocentini, com Amaro Antunes (W52-FC Porto) a ser o terceiro, a 29.
Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

Ultimas de Ciclismo

Notícias

Notícias Mais Vistas