Alejandro Marque lidera GP do Dão

Galego do Sporting-Tavira venceu primeira etapa em nelas

O galego Alejandro Marque (Sporting-Tavira) é o primeiro camisola amarela do Grande Prémio do Dão, depois de ter ganho, esta tarde, o contrarrelógio individual de 19,5 quilómetros, disputado em redor de Nelas.

Num percurso exigente, com muitas zonas de sobe e desce e alguns troços técnicos, Alejandro Marque teve um desempenho muito superior a todos os adversários, sendo o único a cumprir a prova em menos de 26 minutos. O galego precisou de 25m33s para cobrir os 19,5 quilómetros, pedalando à média de 45,729 km/h.

"Fiz um bom trabalho, ao longo dos últimos meses, na bicicleta de contrarrelógio. Hoje, finalmente, encontrei um exercício individual com uma distância adequada para os contrarrelogistas fazerem a diferença e aproveitei", explica Alejandro Marque.

O segundo classificado foi Daniel Mestre (Efapel), que gastou mais 47 segundos. O terceiro foi Domingos Gonçalves (RP-Boavista), a 56 segundos de Marque. Tanto Mestre como Gonçalves aproveitaram da melhor forma a menor aptidão de Antonio Angulo (LA Alumínios-Metalusa BlackJack) para os exercícios individuais, colocando-se como principais favoritos à conquista da Taça de Portugal – Jogos Santa Casa, que se decide neste Grande Prémio do Dão.

A segunda e última etapa da corrida do Dão, a disputar neste domingo, ao longo de 152 quilómetros, entre Penalva do Castelo e Viseu, terá dupla importância, permitindo encontrar o vencedor do Grande Prémio, mas também da Taça de Portugal – Jogos Santa Casa.

Alejandro Marque parte com uma margem folgada na disputa do prémio, mas sabe que a tarefa de manter a camisola amarela será complicada. "Este Grande Prémio prepara-nos sempre uma etapa de sobe e desce constante, que vai tornar-se muito difícil. No entanto, confio na nossa equipa, que está forte, como se vê pelo facto de termos três corredores nos dez primeiros", acrescenta o galego.

Curiosamente, o adversário mais direto do corredor do Sporting-Tavira, Daniel Mestre, é dos mais interessados em que a classificação não sofra alterações, uma vez que, se tudo terminar como está, será dele o triunfo na Taça de Portugal.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Ciclismo

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.