Ciclista austríaco condenado a dois anos de prisão por "fraude desportiva agravada"

Stefan Denifl, de 33 anos, foi também multado em 349 mil euros

• Foto: Reuters

O ciclista austríaco Stefan Denifl foi esta terça-feira condenado a dois anos de prisão pelo tribunal de Innsbruck, por "fraude desportiva agravada", no âmbito do processo relativo à rede internacional de doping Aderlass, desmantelada em 2019.

A sentença aplicada a Stefan Denifl, de 33 anos, que tem uma carreira modesta, inclui a suspensão da atividade por 16 meses, bem como uma multa de 349 mil euros. O ciclista austríaco tem três dias para decidir sobre um possível recurso.

Denifl foi suspenso por um período de quatro anos após o desmantelamento da rede Aderlass, que terá fornecido substâncias proibidas a cerca de 20 desportistas de várias nacionalidades, principalmente a ciclistas e esquiadores.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Ciclismo

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.