Contrarrelógio misto nos Mundiais de ciclismo como passo para a igualdade de género

Anúncio feito pelo presidente da UCI

• Foto: EPA

A União Ciclista Internacional (UCI) anunciou esta quinta-feira a inclusão no calendário de 2019 de um contrarrelógio misto por equipas nos Campeonatos Mundiais de Estrada, como um passo para uma maior igualdade de género.

Esta variante, que será realizada pela primeira vez em Yorkshire, na Grã-Bretanha, em 2019, substituirá o contrarrelógio por equipas, e será disputada sob a forma de estafeta com três elementos masculinos e três femininos.

O primeiro percurso será disputado pelos homens e o segundo, que fechará a prova, pelas mulheres.

"O contrarrelógio misto de estafeta por equipas é o último passo para uma maior igualdade de género no ciclismo", disse o presidente da UCI, o francês David Lappartient.

A prova de 2019, que será realizada no circuito de corridas de Harrogate, servirá de qualificação para os Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Ciclismo

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.