Daniela Campos e os Mundiais de ciclismo de estrada: «A corrida foi caótica»

Ciclista terminou em 83.º lugar a prova

• Foto: EPA

A portuguesa Daniela Campos terminou esta sexta-feira no 83.º lugar a prova de fundo de juniores femininos dos Mundiais de ciclismo de estrada, marcada por muitas quedas e vencida pela norte-americana Megan Jastrab.

Daniela Campos gastou mais 13,21 minutos do que Jastrab, que completou os 86 quilómetros entre Doncaster e Harrogate em 2:08.00 horas, numa prova em que a chuva intensa esteve na base de várias quedas, entre as quais da única participante portuguesa.

"A corrida foi caótica. A dada altura, para tentar evitar uma queda, fiz um movimento da perna que me deixou com o pé preso entre o quadro e a roda de trás. A bicicleta começou a travar e as corredoras que vinham atrás chocaram comigo e caí pela segunda vez", explicou a atleta, citada pela Federação Portuguesa de Ciclismo.

Daniela Campos, que já tinha sofrido uma queda antes da partida, foi obrigada a mudar de bicicleta e atrasou-se de forma irrecuperável, até porque o carro de apoio da seleção nacional estava fora dos vinte primeiros da caravana.

Jastrab, de 17 anos, escapou aos acidentes de percurso e impôs-se ao 'sprint' à belga Julie de Wilde e à holandesa Lieke Nooijen, que terminaram no segundo e terceiro lugares, com o mesmo tempo, e conquistaram as medalhas de prata e de bronze, respetivamente.

A seleção portuguesa, orientada pelo selecionador José Poeira, participa com 14 atletas nos Mundiais de ciclismo de estrada, que se disputam entre 22 e 29 de setembro no condado de Yorkshire, em Inglaterra.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Ciclismo

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.