Daniela Reis faz dobradinha e garante título nacional de ciclismo de fundo

Ciclista portuguesa venceu prova de fundo e contrarrelógio

Daniela Reis fez este sábado a dobradinha nos campeonatos nacionais de ciclismo de estrada, em Melgaço, ao juntar o triunfo na prova de fundo ao de contrarrelógio.

A corredora, que representa a equipa belga Doltcini-Van Eyck Sports, e que tinha vencido o título na prova de contrarrelógio na sexta-feira, repetiu as duas vitórias do ano passado, e somou o quarto título da carreira na prova em linha, cumprido o percurso de 88,6 quilómetros em 2:38.51 horas.

A ciclista da região Oeste saltou para frente da corrida logo na primeira das quatros volta ao circuito, com a companhia de Raquel Queirós (Quinta das Arcas/Jetclass/Charão) e da júnior Daniela Campos (5Quinas/Município de Albufeira/CDASJ), que apesar de mais jovem mostrou bom andamento.

O trio andou junto na frente até à entrada da última volta, altura em que Daniela Reis mostrou a sua maior experiência e capacidade, e, mesmo confessando que não estava "com as melhores sensações", destacou-se das adversárias e fez a última parte do percurso isolada até à vitória final.

"Vinha com o objetivo de vencer, mas não foi fácil. Logo quando me meti em cima da bicicleta senti que não estava num dia bom, e, por isso, foi uma vitória sofrida. Tive de gerir ao longo do percurso e dar tudo na última volta. Felizmente deu para a vitória, mas foi uma lição sobre nunca desistir", disse Daniela Reis.

Apesar de se ter revelado mais forte do que a concorrência, Daniela Reis, que conquistou o seu quarto título nacional de fundo, um dia depois de ter assegurado o quinto no contrarrelógio, elogiou as adversárias.

"Vim um bocado sem saber o que me esperava, porque não corria em Portugal há um ano, mas sabia que havia atletas novas a andar muito bem. É excelente para o nosso ciclismo, fico feliz que haja ciclistas com garra e a querer melhorar o nível da modalidade em Portugal", vincou.

O restante pódio nesta competição de fundo da categoria de elites feminina ficou preenchido por Raquel Queirós (Quinta das Arcas/Jetclass/Xarão), segunda classificada, a 2.19 minutos que a vencedora, e Sandra dos Santos (Eneicat), terceira posição a 6.19.

Nas juniores, a campeã foi Daniela Campos (5Quinas/Município de Albufeira/CDASJ), enquanto Beatriz Roxo (Maiatos) foi a mais rápida no escalão de cadetes.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Ciclismo

Notícias

Notícias Mais Vistas