Dinamarquês Casper Pedersen triunfa no Paris-Tours

Impôs-se no sprint ao francês Benoît Cosnefroy, seu companheiro de fuga

• Foto: Reuters

O ciclista dinamarquês Casper Pedersen (Sunweb) foi este domingo o vencedor da clássica Paris-Tours, impondo-se no sprint ao francês Benoît Cosnefroy (AG2R La Mondiale), seu companheiro de fuga.

Os 214 quilómetros da prova foram bastante animados por fugas e marcados por quedas, como a ocorrida pelo quilómetro 50, que levou ao atraso considerável do dinamarquês Soren Kragh Andersen, vencedor da prova em 2018.

Cosnefroy tudo fez para se desembaraçar de Pedersen, o único que o acompanhou nos últimos 30 quilómetros, mas sem sucesso. Pedersen, vencedor este ano de uma etapa na Volta à Dinamarca, sabia que no final "o primeiro a atacar ia ficar bem colocado", como explicou depois, e foi o que fez, já na Avenida de Grammont.

A 50 quilómetros da meta, e após ataque do francês Romain Bardet, a corrida começou a definir-se, numa zona de subidas e alguns caminhos de terra húmida, que enlameavam os ciclistas, a exemplo do que é frequente na Paris-Roubaix.

O pelotão foi-se fragmentando, na sucessão de ataques e contra-ataques, até Cosnefroy e Pedersen ficarem na frente, para o dinamarquês triunfar em 4:51.34 horas.

A 30 segundos chegou um grupo de cinco unidades, que incluía os gauleses Romain Bardet e Warren Barguil.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Ciclismo

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.