Doha é um monte de obras

Qatar recebe Campeonato do Mundo

Doha, capital do Qatar, prepara-se para receber a partir de domingo e durante uma semana o Campeonato do Mundo de ciclismo. Este mega evento desportivo vai, no entanto, acontecer numa cidade que é um autêntico estaleiro, tal são as muitas obras e construções. Erguem-se arranha-céus para juntar aos muitos que já existem, além de estradas novas e outras em melhoria. Construções, muitas delas desenfreadas, tal o contexto em que estão a ser edificadas. Mega prédios de 30, 40 e 50 andares, espelhados, uns redondos, outros ovais, outros quadrados, paredes meias com edifícios históricos e de arquitectura local. Ocidente e Médico Oriente num só espaço…

A cidade vive em ritmo acelerado por força dos grandes acontecimentos desportivos que tem vindo a receber e onde se encaixa agora o Mundial de ciclismo, e cujo ponto alto será daqui a seis anos, quando Doha for palco do Mundial de futebol de 2022.

A juntar às obras, há a poeira, ou antes, areia que vem do deserto e visível nos edifícios, carros, no chão…Há ainda o calor, muito, abafado, que pode levar mesmo a União Ciclista Internacional a reduzir a principal corrida, no dia 16, de 250 quilómetros para pouco mais de 120.

Portugal apresenta-se no Mundial com nove ciclistas, três em cada escalão: elites, sub-23 e juniores.

Autor: Ana Paula Marques. Doha. Qatar

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Ciclismo

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.