«Este é o rosto daquele que quase mataste»: ciclista italiano arrasa "condutor ignorante"

Alessandro De Marchi faz relato revoltado do que lhe sucedeu num treino

"Estou farto, literalmente farto e no limite. Ainda me dói a garganta de gritar e gritar com o milésimo condutor durante o milésimo 'quase acidente' em que estive envolvido hoje. Não aguento mais." É desta forma que Alessandro De Marchi, ciclista da CCC, começa a descrever o que lhe aconteceu no domingo. O italiano publicou no seu Instagram um relato pormenorizado (e revoltado) do sucedido, com direito a recado ao "ignorante" que estava atrás do volante do "Audi A6 metálico cinza".

"Saio de casa como todos os dias e vou em direção ao centro de Buja, subindo a ladeira de 'Tonino 2', como é conhecida aqui. Subo devagar, à direita, sem atrapalhar. Aproximadamente a metade dessa subida, ouço o som de um carro e depois a sensação de que quase me ia levando o cotovelo e a mão esquerda. O carro, um grande Audi, ultrapassa-me ao triplo da minha velocidade, a apenas alguns centímetros, repito CENTÍMETROS. Desequilibrei-me, cai, e após a subida e com toda a minha voz gritei contra o motorista. O mesmo faz o carro que o segue, um pequeno jipe ??azul que, vendo a cena toda, buzina. À distância, vejo que o motorista do jipe ??está a discutir com o outro. Ao chegar ao local em que o Audi estava parado, grito-lhe que ele me podia ter matado e ele só respondia: 'Não te toquei, vai para o inferno!!!'. Nem tive tempo de responder porque começou novamente a gritar. Parou 200 m depois, à frente a uma banca de jornais, tirei uma fotografia da matrícula, do carro e do motorista (quando ele saiu para ir à banca) e ainda ouço ele mandar vir", escreveu.

E atira: "Caro condutor ignorante, decora bem a cara que aparece nesta foto: é o rosto daquele que quase mataste esta manhã. Porque, querido condutor ignorante, se tivesses chegado a tocar-me, na melhor das hipóteses atiravas-me para o hospital ou para uma cadeira de rodas... e na pior para um caixão! Caro condutor ignorante, hoje, com teu belo Audi A6 metálico cinza, quase me mataste ... para chegar primeiro à banca de jornais! Caro condutor ignorante, odeio-te de todo o coração e espero que leias estas linhas ou que alguém que se lembre do teu carro se lembre de ti e permita que tu leias".

Ver esta publicação no Instagram

Sono stufo, letteralmente stufo e con i nervi a fior di pelle. Ho ancora male alla gola dal troppo urlare e inveire contro l’ennesimo automobilista durante l’ennesimo “quasi incidente” in cui sono stato coinvolto oggi. Non ce la faccio più. Mattina di oggi, domenica 17 novembre, qualche minuto alle 10. Parto da casa come ogni giorno e mi dirigo verso il centro di Buja, salendo verso la salita di “tonino 2” come è conosciuta qui. Salgo piano, sulla dx , senza intralciare. Circa a metà di questa percepisco prima il rumore di un auto e poi la sensazione di “sfioro” sul mio gomito e mano sx. L’auto, una grossa audi, mi passa, al triplo della mia velocità, sfiorandomi per una questione di cm, ripeto CENTIMETRI. Mi sbilancio, finisco sul marciapiede basso che segue la salita e con tutta la mia voce inveisco contro l’automobilista. Lo stesso viene fatto dall’auto che lo segue, una piccola jeep blu, che, avendo visto tutta la scena, a forza di clacson lo fa accostare . Da lontano vedo che l’automobilista della jeep discute con l’altro. Arrivo sul posto che l’audi è ancora ferma, gli grido che ha rischiato di ammazzarmi e mi viene risposto : “ Non ti ho mica toccato, vai a cagare !!!” Allibito non faccio in tempo nemmeno a replicare, che questo riparte sgommando. Riparte sgommando per fermarsi 200m dopo di fronte ad un’edicola! Arrivo giusto per fare la foto a targa, auto e guidatore (mentre scende per andare all’edicola ) e sentirmi ancora maledire dal soggetto. Caro automobilista ignorante, riguarda bene la mia faccia qui sotto nella foto, riguarda la faccia di quello che stavi quasi per ammazzare stamattina . Perché si, caro automobilista ignorante, il “toccarmi” di cui parlavi, nella migliore delle ipotesi mi avrebbe mandato dritto all’ospedale o su una carrozzina, nella peggiore dritto in una bara! Caro automobilista ignorante, oggi, con la tua bella Audi A6 grigia metallizzata, mi hai quasi ammazzato … per arrivare prima all’edicola! Caro automobilista ignorante ti odio con tutto me stesso e spero che tu legga queste righe o che qualcuno ricordando la tua auto pensi a te e te le faccia vedere.

Uma publicação partilhada por Alessandro De Marchi (@alessandro_demarchi) a

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Ciclismo

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.