Fuga trama contas ao Sporting-Tavira em África

Rinaldo Nocentini desce para sétimo na geral

O Sporting-Tavira terá hipotecado esta quinta-feira as aspirações de estar nos primeiros lugares da Tropicale Amissa Bongo, em África, depois de uma fuga de quatro ciclistas ter vingado na quarta etapa, com Joseph Areruya, do Ruanda, ter cortado a meta com mais de sete minutos para um pequeno grupo, onde estava o italiano Rinaldo Nocentini e o galego Alejandro Marque, os dois melhores ciclistas da equipa portuguesa na prova.

Nocentini, que tinha iniciado a etapa no terceiro lugar da geral, desceu agora para sétimo, estando a 7.42 minutos do ciclista que venceu a tirada, sendo que Marque é 17.º, a 7.54 minutos.

Coletivamente, o Sporting-Tavira também desceu na classificação, de segundo para nono.

A Tropicale Amissa Bongo, no Gabão, termina no domingo.
Por Ana Paula Marques
4
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Ciclismo

Notícias

Notícias Mais Vistas