Gaviria vence duelo geracional para conquistar terceira etapa do Tirreno-Adriático

Bateu Cabel Ewan ao sprint

O ciclista colombiano Fernando Gaviria (Etixx-QuickStep) venceu esta sexta-feira o duelo da nova geração de 'sprinters', impondo-se ao australiano Caleb Ewan (Orica-GreenEdge) na terceira etapa do Tirreno-Adriático.

Tidos como os dois mais promissores talentos do 'sprint' do pelotão, Gaviria e Ewan discutiram 'taco a taco' o triunfo em Montalto di Castro, com o recém-coroado bicampeão mundial de omnium, de apenas 21 anos, a ser o mais forte.

O colombiano prolongou o estado de graça da Etixx-QuickStep na prova italiana, com a equipa belga a somar a sua segunda vitória consecutiva em etapas, depois da conquistada na véspera por Zdenek Stybar, que manteve a liderança na geral.

"Estou radiante. É a minha primeira vitória WorldTour e conseguir a vitória é realmente satisfatório para mim e para a equipa", disse Gaviria no final da etapa. Atrás dos dois 'miúdos', mas com as mesmas 04:17.28 horas, ficaram Elia Viviani (Sky) e Peter Sagan (Tinkoff).

A terceira etapa, que ligou Castelnuovo Val di Cecina a Montalto di Castro, no total de 176 quilómetros, ficou marcada pela exibição do português Domingos Gonçalves (Caja Rural), apanhado a 1500 metros da meta, juntamente com os restantes três companheiros da fuga do dia.

No entanto, foi José, o outro dos gémeos Gonçalves da Caja Rural, o melhor português na tirada, chegando no 12.º posto do pelotão, onde também seguiam Nelson Oliveira (Movistar), 28.º, Ricardo Vilela (Caja Rural), 90.º e Tiago Machado (Katusha), 92.º. Domingos acabou por ser 155.º, a 54 segundos.

Na geral, Oliveira continua a ser o melhor luso, na 23.ª posição, a 38 segundos de Zdenek Stybar, o checo que veste de azul, com Damiano Caruso a liderar o quarteto da BMC que o sucede na classificação.

Machado é 46.º, a 01.54 minutos, com José Gonçalves dez posições atrás, a 02.29 minutos do homem da Etixx-QuickStep. Vilela é 74.º, a 03.40 minutos, e Domingos Gonçalves fecha a representação lusa, no 128.º lugar, a 08.35 minutos.

No sábado, a 'Corrida dos Mares' apresenta uma sinuosa quarta etapa, 222 quilómetros entre Montalto de Castro e Foligno.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Ciclismo

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.