Julian Alaphilippe sagra-se campeão do mundo de fundo

Wout van Aert foi segundo e Marc Hirschi acabou o terceiro

• Foto: Reuters
O francês Julian Alaphilippe sagrou-se campeão do mundo de fundo, no último dia dos Mundiais de ciclismo de estrada, em Imola, Itália, ao chegar isolado à meta.

Alaphilippe, de 28 anos, cumpriu os 258,2 quilómetros em Imola, inteiramente disputados em circuito, com um tempo de 6:38.34 horas, cortando a meta isolado, com 24 segundos a menos em relação ao belga Wout van Aert, segundo, e ao suíço Marc Hirschi, terceiro.

O francês somou o segundo triunfo de 2020, após a vitória na segunda etapa da Volta a França, e uma das maiores conquistas da carreira, dando à França um primeiro título nesta corrida desde 1997, então com Laurent Brochard.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Ciclismo

Notícias

Notícias Mais Vistas