Lance Armstrong: «Se tive cancro devido ao doping? Não posso garantir que não»

Ex-ciclista admitiu que usou substâncias ilegais desde a primeira época como profissional

Lance Armstrong prometeu contar "a sua verdade" num documentário da ESPN intitulado ‘Lance’, que vai ser emitido no próximo dia 24. Para promover o trabalho, têm sido publicados alguns excertos da entrevista na qual o ex-ciclista fala do uso de doping que levou a que lhe tivessem sido retirados os sete títulos da Volta à França. Esta segunda-feira, foram revelados, na primeira pessoa, novos detalhes.

"Não quero que sirva de desculpa, mas toda a gente usava substâncias ilegais e eu ganharia na mesma se estivesse limpo. A primeira vez que me dopei tinha 21 anos. Na minha primeira época como profissional já tomava cortisona", garante o norte-americano.

O ciclista do Texas falou ainda do cancro nos testículos que teve de debelar: "Se fiquei doente por causa das substâncias dopantes? Não posso garantir que não tenha sido esse o motivo. As hormonas de crescimento têm um efeito estimulante de crescimento de alguns tipos de células e são usadas para fomentar as que fazem aumentar o rendimento desportivo. Mas faz sentido que as hormonas também estimulem o crescimento de células malignas".

4
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Ciclismo

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0