Nelson Oliveira ainda sonha com medalhas

Ciclista português sente falta da competição e dos treinos com os companheiros

Para alterar a rotina, Nelson Oliveira esteve em conversa com os leitores de Record e muito foi o interesse dos portugueses em saber como um dos principais ciclistas nacionais está a viver este momento. O corredor da Movistar mostrou-se muito recetivo e não fugiu a nenhum tema, deixando claro que ainda quer subir a mais pódios depois da prata nos Jogos Europeus do ano passado.

"Mais do que um objetivo é um sonho conseguir uma medalha num Mundial ou nuns Jogos Olímpicos. Tenho trabalhado bastante para que esse sonho se realize e espero que não demore", referiu, frisando que o percurso de Tóquio se adapta às suas características.

As mudanças na Movistar têm sido constantes, mas Nelson continua a ser uma peça importante, mas o próprio admite que não é fácil perder três líderes no mesmo ano. "Percebíamos que, mais dia, menos dia, o Nairo Quintana iria sair. O Mikel Landa é um fora de série, uma excelente pessoa e queria ser líder indiscutível. Já o Richard Carapaz foi-nos mentalizando para isso, mas apanhou-nos de surpresa", confessou, frisando que quer acabar a carreira em Portugal.

Tour e doping

Na opinião do ciclista, de 31 anos, "para bem da modalidade o Tour tem de se correr", mas sabe que isso só acontecerá se "não houver perigo para ninguém". Em resposta a vários leitores que fizeram questões sobre doping e a ‘mancha’ de Lance Armstrong, Nelson é claro: "O ciclismo é o desporto mais controlado e não é o que tem mais casos. O que aconteceu com o Armstrong teve um impacto negativo, porque sente-se que há sempre desconfiança de quem ganha."

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Ciclismo

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.