Percurso para trepadores no GP Internacional de Torres Vedras

Prova que homenageia Joaquim Agostinho corre-se de 16 e 18 de julho

A 44ª edição do Grande Prémio Internacional de Torres Vedras /Troféu Joaquim Agostinho, de 16 e 18, tem um percurso que favorece os mais talhados para a montanha, já que duas das três etapas têm final em alto. A primeira com a ligação Turcifal e o alto da serra do Socorro, de 85,3 km. Uma etapa curta, mas com final exigente de 3ª categoria (com rampas a 20 por cento). Depois segue-se a etapa entre Arruda dos Vinhos e Torres Vedras, com o tradicional circuito, que tem as subidas ao Varatojo e à serra da Vila. A etapa rainha e a última termina no Alto de Montejunto.

O pelotão conta com as equipas espanhola da Burgos, Caja Rural e Euskaltel, da Israel Cycling Academy, Protouch (Á. do Sul) e Vino-Astana Motors (Cazaquistão).

Por Record
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Ciclismo

Notícias

Notícias Mais Vistas