Pogacar destrona Sagan nos mais bem pagos

Vai ganhar em 2022 seis milhões de euros

Tadej Pogacar vai ser em 2022 o ciclista mais bem pago do pelotão mundial, destronando Peter Sagan, que ocupou o 'cargo' nas últimas épocas.

De acordo com dados recolhidos pelo site 'Brújula Bike', o bicampeão do Tour, de 23 anos, vai auferir na próxima temporada seis milhões de euros, contra os 5,5 milhões ganhos por Chris Froome e Peter Sagan.

Fora os dez primeiros está Primoz Roglic, sendo que o top 20, sem qualquer português, fecha com o colombiano Fernando Gaviria, com 1,8 milhões de euros.


Eis os vinte mais bem pagos: 
1 - Tadej Pogacar (UAE Team Emirates) 6 millones de euros
2 -Chris Froome (Israel Start-Up Nation) 5,5 M
3 -Peter Sagan (Total Energies) 5,5 M
4 - Geraint Thomas (Team Ineos) 3,5 M
5 - Egan Bernal (Team Ineos) 2,8 M
6 - Michal Kwiatkowski (Team Ineos) 2,5 M
7 - Julian Alaphilippe (Deceuninck-QuickStep) 2,3 M
8 - Wout van Aert (Jumbo-Visma) 2,2 M
9 - Alejandro Valverde (Movistar) 2,2 M
10 - Richard Carapaz (Team Ineos) 2,2 M
11- Vincenzo Nibali (Astana) 2,1 M
12 - Mathieu van der Poel (Alpecin-Fenix) 2 M
13 - Adam Yates (Team Ineos) 2 M
14 - Primoz Roglic (Jumbo-Visma) 2 M
15 - Thibaut Pinot (Groupama-FDJ) 2 M
16 - Jakob Fuglsang (Astana) 2M
17 - Romain Bardet (DSM) 2 M
18 - Elia Viviani (Cofidis) 1,9 M
19 - Nairo Quintana (Arkea) 1,9 M
20 - Fernando Gaviria (UAE) 1,8 M
Por Ana Paula Marques
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

Ultimas de Ciclismo

Notícias

Notícias Mais Vistas