Richie Porte conquista Volta à Romandia

Ciclista da BMC terminou a prova com 21 segundos de vantagem para o 2.º lugar

• Foto: EPA

O australiano da BMC Richie Porte é o vencedor da Volta à Romandia, a prova ciclista suíça que terminou este domingo com um contrarrelógio em Lausana, em que o mais rápido foi o esloveno Primoz Roglic, da Lotto.

Depois do avanço conseguido por Porte e pelo britânico Simon Yates (Orica), na véspera, na etapa rainha, a luta estava reservado aos dois no crono de 18 quilómetros, com o australiano a ter 19 segundos para recuperar.

Yates até esteve bem e foi décimo do dia, só que Porte atacou forte na primeira metade da etapa - a tirada começava com uma subida e depois uma segunda parte a descer - e recuperou rapidamente a desvantagem.

No ponto de controlo dos 6,5 quilómetros, na fase de escalada, Porte já tinha recuperado 34 segundos e era o virtual camisola amarela.

Não deu para ganhar este domingo, mas o antigo campeão australiano de contrarrelógio foi um claro segundo, a oito segundos de Roglic.

O esloveno gastou 24.58 minutos, deixando Porte a oito segundos e a 34 três ciclistas - o norte-americano Tejay van Gardenen (BMC), o espanhol Jon Izaguirre (Bahrain-Merida) e o italiano Fabio Felline (Trek).

Na geral individual, Porte fechou com 21 segundos sobre o jovem britânico e 26 sobre Roglic, que ainda conseguiu fechar o pódio final.

Quem passou pela corrida sem forçar a nota foi o britânico Chris Froome, vencedor do Tour no ano passado. O chefe-de-fila da Sky limitou-se a ser nono no crono e 18.º na listagem final.

José Gonçalves (Katusha) conseguiu um tempo interessante, sendo 28.º a 1.26 do primeiro. Fechou a Volta a Romandia em 28.º, a 2.36 de Porte.

Quanto a André Cardoso (Trek), foi 110.º no crono, a 3.32. No final dos seis dias de corrida, foi 56.º, a 7.57.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Ciclismo

Notícias

Notícias Mais Vistas