Ruben Guerreiro vai correr pela Education First em 2020

Ciclista luso de 25 anos regressa aos Estados Unidos

• Foto: Rui Minderico/Record

O ciclista português Ruben Guerreiro assinou esta quinta-feira contrato com a equipa norte-americana Education First para a temporada 2020, mantendo-se no WorldTour, após dois anos na Trek-Segafredo e a época de 2019 na Katusha-Alpecin.

Aos 25 anos, o luso acabou a Volta a Espanha, em setembro, na 17.ª posição, chamando a atenção para várias equipas WorldTour, assegurando um regresso aos Estados Unidos, onde já tinha corrido ao serviço da Axeon Hagens Berman, entre 2015 e 2016, e na Trek, de 2017 a 2018.

"Para mim, é como regressar a casa, os Estados Unidos são o meu segundo país, e estou muito feliz por assinar pela Education First", afirmou o corredor, citado pela equipa. Guerreiro nota a vontade de "continuar a crescer como ciclista de grandes Voltas" e o chefe da equipa, Jonathan Vaughters, destaca como Rúben "é arriscado, mas também consegue segurar o risco". "Ao negociarmos o contrato, ele disse-me que não aceitava o que lhe propus porque valia mais. Pediu-me que visse a Vuelta no dia seguinte, e acabou em segundo. Fiquei logo impressionado", revelou.

Vencedor da Volta a Portugal do Futuro em 2014, triunfou já em 2015 no Grande Prémio Liberty Seguros e arrancou, depois, para uma carreira internacional que vai para o quarto ano consecutivo de WorldTour. Foi sexto na Volta à Turquia em 2018 e, já este ano, arrancou a época com um oitavo lugar final no Tour Down Under, na Austrália, antes de brilhar em Espanha, como 17.º na geral final e quinto melhor jovem.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Ciclismo

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.