Rui Costa arranca bem

Português da Lampre foi 7.º na 1.ª etapa da Volta a Omã

• Foto: DR Record

Enquanto no Algarve as primeiras pedaladas são dadas hoje, ontem Rui Costa esteve em bom plano na etapa inaugural da Volta a Omã, prova na qual participa pela segunda vez consecutiva. A aposta da Lampre tem sido competir no Médio Oriente nesta altura do ano, inviabilizando pois a presença do ciclista português no Sul do país.

Rui Costa foi o 7º a cortar a meta, integrado num pequeno grupo que ficou a oito segundos do vencedor, o holandês Bob Jungels (Etixx), ocupando igual posição na classificação geral, mas agora a 18 segundos, por causa das bonificações. O português chegou no grupo de várias das estrelas da prova, como Vincenzo Nibali, Tom Dumoulin, Greg van Avermaet ou Daniel Martin.

"As pernas rodavam bem, embora não estejam ainda no seu melhor", escreveu o ciclista da Lampre no Facebook. A Volta a Omã é a 2ª prova do ano para Rui Costa, depois da estreia na Volta ao Dubai, onde foi 14º no triunfo do alemão Marcel Kittel. Satisfeito ficou o diretor-desportivo da Lampre, não escondendo efetivamente que o português é a aposta para Omã. "Todos estiveram perto do líder e deram um importante apoio, permitindo que o Rui estivesse bem na última subida. Ele chegou no grupo dos que estão na luta pela geral."

Sacrificado, como sempre, no trabalho em prol da equipa, Mário Costa foi então um dos que pagou esse fatura, cortando a meta em 110º, a 5.40 minutos.

Andaluzia

Entretanto, hoje arranca a Volta à Andaluzia, com Chris Froome (Sky) e Alejandro Valverde (Movistar). Em suma, uma semana em cheio de ciclismo: Médio Oriente, Portugal e Espanha.

Por Ana Paula Marques
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Ciclismo

Notícias

Notícias Mais Vistas