Rui Costa termina em lugar de honra

Líder da UAE defendeu o top 5 na última tirada da Volta a San Juan

Tal como se previa, a última etapa da Vuelta a San Juan não trouxe quase nada de novo para o delineamento da classificação geral final, com Rui Costa (UAE) – brilhante vencedor da etapa rainha –, a terminar num honroso 5º lugar e Rafael Reis (Caja Rural) a subir ao 14º posto, numa tabela liderada pelo holandês Bauke Mollema (Trek).

É um excelente prenúncio para os dois ciclistas portugueses e logo no ano em que a prova argentina se abriu ao Mundo, com a participação de quatro equipas do World Tour e de grandes figuras do pelotão internacional.

A derradeira etapa, disputada no circuito de San Juan (138,2 km), tinha tudo para que os sprinters se impusessem, dada a curta quilometragem e o terreno pouco acidentado. E foi isso que aconteceu, com o argentino Maximiliano Richeze (Quick Step) a conquistar uma tirada pelo segundo dia consecutivo, batendo por 1 segundo o seu companheiro de equipa, o belga Tom Boonen, e o italiano Matteo Malucelli (Androni), segundo e terceiro classificados, ambos a 3 segundos e com o mesmo tempo do pelotão.

No grosso da coluna vinham Rafael Reis (24º) e Rui Costa (44º), assim como Mollema (26º) e os seus principais rivais, numa jornada onde o controlo da corrida não se afigurou demasiado complicado para a Trek do camisola amarela, muito embora o italiano Vincenzo Nibali (Bahrain Merida) ainda desse algum trabalho.

O vencedor das três grandes voltas atacou muito cedo e andou fugido, ao ponto de ser o virtual camisola amarela, mas acabaria por ser absorvido pelo pelotão.

Por Alexandre Reis
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Ciclismo

Notícias

Notícias Mais Vistas