Tadej Pogacar frustrado: «Tivemos falsos positivos e depois três negativos»

Ciclista da Emirates UAE reagiu à ausência da equipa na Flèche Wallonne

• Foto: Getty Images

O ciclista esloveno Tadej Pogacar, de 22 anos, descarregou a sua frustração nas redes sociais por a Emirates UAE ter sido excluída, por causa de casos de Covid-19, da Clássica Flèche Wallonne, corrida ontem na Bélgica.

"Todos demos resultados negativos e não corremos na Flèche Wallone. Tivemos falsos positivos, mas depois tivemos três resultados negativos", esclareceu o vencedor do Tour (2020), Tirreno-Adriático (2021) e Algarvia (2019), entre outros sucessos.

Com Rui Costa, especialista em clássicas e antigo campeão mundial, escalado, os problemas surgiram porque o ciclista italiano Diego Ulissi e um membro do staff da equipa testaram positivo na véspera da corrida: "Diego Ulissi e um membro da equipa, também vacinado, tiveram dois testes negativos nos dias anteriores à viagem para a Bélgica. Após a chegada, foram submetidos a um teste subsequente, que deu positivo, mas depois voltaram a dar negativo."

Em comunicado, a Emirates UAE admitiu que "a equipa ficou frustrada por ter sido afastada, mas aceita a decisão das autoridades."

Até domingo, vai haver mais baterias de testes com o objetivo da equipa alinhar na Liège-Bastogne-Liège.

Recorde-se que em janeiro, num estágio realizado nos Emirados, toda a equipa foi inoculada com a vacina chinesa.

Por Alexandre Reis
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

Ultimas de Ciclismo

Notícias

Notícias Mais Vistas