Três Dias de La Panne: Chavanel perde 'crono' por... 0,77 segundos

Durbrige impõe-se no contrarrelógio e Philippe Gilbert garante triunfo final

• Foto: EPA

O belga Philippe Gilbert (Quick Step Floors) garantiu esta quinta-feira o triunfo final nos Três Dias de La Panne, na Bélgica, bastando-lhe gerir a confortável vantagem num contrarrelógio marcado pelo facto do australiano Luke Durbridge (Orica-Scott) ter batido o francês Sylvain Chavanel (Direct Énergie) por apenas 77 centésimos de segundo. Num 'crono' com 14 km, Durbridge registou o melhor tempo, com 17.38,14 minutos, enquanto Chavanel fez 17.38,91. 


Na geral, Philippe Gilbert - que foi apenas 7.º no contrarrelógio final - acabou por terminar com 38 segundos de vantagem sobre o austríaco Matthias Brändle (Trek–Segafredo), enquanto o norueguês Alexander Kristoff (Team Katusha–Alpecin) completou o pódio, a 43 segundos do vencedor. O veterano Chavanel, de 37 anos, acabou no 4.º posto, a 58 segundos.

O terceiro dia da prova foi dividido em duas partes: se durante a tarde se realizou o contrarrelógio final, de manhã disputou-se uma etapa em linha, com partida e chegada a La Panne (118,5 km), na qual o alemão Marcel Kittel (Quick Step Floors) bateu Alexander Kristoff (Katusha) ao sprint. A tirada ficou ainda marcada por uma queda a 15 km da chegada.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Ciclismo

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.