Valverde recorda medo, ansiedade e depressão: «Fui ao fundo»

Ciclista espanhol, campeão do Mundo em título, revela num documentário que passou por uma depressão

Um dia depois de ter subido ao pódio na Volta a Espanha (onde foi segundo), Alejandro Valverde participou na apresentação de um documentário intitulado 'Um ano de arco-íris', em que além de analisar como está a ser o ano como campeão do Mundo (alcançou o título em 2018 e em 2019 corre com as cores arco-íris), o ciclista espanhol admite que passou por uma depressão na sequência da suspensão por doping, que cumpriu entre 2010 e 2012.

"Estive num estado quase depressivo. Muitos desportistas retiram-se porque não aguentam esta pressão. Sentia muito medo, vivia sobrecarregado, sentia-me mal. O psiquiatra disse-me que eu estava num estado depressivo. Fui ao fundo. Ia ao médico e vinha pior", reconheceu no documentário, segundo escreve o jornal 'Marca'.

"Tinha medo de conduzir, de ir para a estrada. A pressão psicológica é muito complicada. Fui à Amstel Gold Race e pensei que não ia conseguir correr. Fui dormir e no dia seguinte, na prova, andei sempre no último grupo. Cada vez havia menos ciclistas e eu continuava lá, não conseguia avançar. Ia com medo, sem ânimo", prosseguiu.

Valverde compara os ciclistas aos estudantes. "O ciclismo profissional é bonito, mas passei por coisas difíceis. Segundo o psiquiatra nós, ciclistas, somos pessoas que querem tudo muito bem feito. Acontece-nos o mesmo que aos bons estudantes que não querem falhar em nada e que, se um dia não estudam, ficam ansiosos. Eu via tudo negro, mas no fim acabei por superar. Lembro-me que pensava 'se eu tenho tudo, por que estou a passar por isto?' Não conseguia perceber. Mas, graças aos especialistas, tudo isto ficou para trás."

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Ciclismo

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.