Danny van Poppel vence 5.ª etapa da Volta à Polónia

Peter Sagan ficou em terceiro e mantém-se na liderança

• Foto: EPA

O holandês Danny van Poppel (Sky) venceu esta quarta-feira ao 'sprint' a quinta etapa da Volta à Polónia, entre Nagawczyna e Rzeszow, com o eslovaco Peter Sagan (Bora-Hansgrohe), terceiro, a preservar a camisola amarela.

O holandês, que já tinha sido duas vezes segundo e uma vez terceiro na prova, conseguiu finalmente a vitória que perseguia desde o início, ao completar a tirada de 130 quilómetros em 02:59.44 horas, à frente de Luka Mezgec (Orica-Scott), segundo, e do camisola amarela Peter Sagan (Bora-hansgrohe), que fechou o pódio, todos com o mesmo tempo do vencedor.

Apesar de uma queda a 900 metros da meta, que afastou da discussão da etapa quase todo o pelotão, à exceção de 13 corredores, as diferenças de tempo foram anuladas, pelo que este dia não produziu diferenças entre os principais candidatos, à exceção de Tom Jelte Slagter (Cannondale-Drapac), que era quinto na geral antes de perder esta quarta-feira mais de nove minutos.

A fuga do dia teve no belga Maxime Monfort (Lotto Soudal), que se tornou no novo líder da classificação de montanha, e no norte-americano Tejay Van Garderen (BMC) os principais corredores.

O homem da BMC chegou isolado aos últimos três quilómetros, mas acabou por ser integrado no pelotão a 2.800 metros da linha da meta, altura em que as equipas dos velocistas preparavam os homens mais rápidos para o 'sprint', que se tornou caótico e reduzido devido à queda dentro do último quilómetro.

Na geral, Sagan, vencedor em 2011, tem 14 segundos de vantagem sobre Dylan Teuns (BMC) e 20 segundos sobre Rafa Majka (Bora-hansgrohe), que venceu a prova em 2014 e é terceiro.

Rui Costa (UAE Emirates), esta quarta-feira 20.º na etapa, escalou várias posições para a 12.ª na geral individual, a 42 segundos de Sagan, enquanto Nelson Oliveira (Movistar) é agora 17.º, a 1.02 minutos. Quanto a José Gonçalves (Katusha Alpecin), ocupa a 67.ª posição, já a mais de 13 minutos de Sagan.

Na quinta-feira, os ciclistas enfrentam uma etapa de perfil acidentado, com 189 quilómetros a ligarem Wieliczka a Zakopane, na penúltima tirada da prova do World Tour, que termina na sexta-feira em Bukowina Tratrzanska.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Ciclismo

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.