Volta a Portugal pode passar por troço de rali em Fafe

Joaquim Gomes abre as portas a essa possibilidade

• Foto: Luís Vieira 

A organização da Volta a Portugal em bicicleta pondera incluir na edição deste ano um percurso em terra, em Fafe, habitualmente utilizado no Rali de Portugal, confirmou esta quinta-feira à Lusa o diretor de prova, Joaquim Gomes.

"Estamos a avaliar essa possibilidade e já nos deslocámos ao local", afirmou, destacando o "caráter inédito" da eventual passagem.

Joaquim Gomes explicou que a decisão só será tomada depois de auscultada a Federação Portuguesa de Ciclismo, a Associação Portuguesa de Ciclistas Profissionais e as equipas portuguesas.

O diretor da Volta a Portugal, cuja 78.ª edição decorre entre 27 de julho a 07 de agosto, assinalou que importa assegurar todas as condições, nomeadamente as que garantam a integridade física dos ciclistas.

O vice-presidente da Câmara de Fafe, Pompeu Martins, confirmou à Lusa o interesse da organização da prova e frisou que, do lado Município, há toda a abertura e colaboração.

Segundo o autarca, o que está a ser equacionado é que se percorra um troço de cerca de 2,2 quilómetros, em terra batida, começando na zona do Confurco e passando pelo famoso salto da Lameirinha. Junto ao cemitério da Lagoa, os ciclistas iniciarão, já em alcatrão, a descida até Fafe, onde terminará a etapa do dia.

Pompeu Martins afirmou que há uma grande expetativa em relação à passagem dos ciclistas pelo "mítico troço do rali", sobretudo por ser "uma absoluta novidade".

"Imaginamos que muita gente curiosa não deixará de se deslocar ao troço para ver passar o pelotão", assinalou.

Se a utilização do percurso em terra for uma realidade, como deseja o município, estarão reunidas condições para "mais um grande momento de afirmação de Fafe no contexto mediático nacional", assinalou.

A propósito, destacou a possibilidade de se fazer uma associação curiosa entre duas modalidades em que o concelho tem grande tradição e muitos adeptos.

"Acho que ganharíamos todos. Seria algo fantástico", afirmou, a propósito.

Joaquim Gomes disse à Lusa, por seu turno, concordar com o interesse mediático acrescido que esta novidade poderá trazer à Volta a Portugal, "num concelho como Fafe, com tão grande tradição no ciclismo e nos ralis".

Se a passagem pelo troço de terra corresse bem, frisou, poderia até passar a integrar, em futuras edições, as etapas com chegada a Fafe.

Apesar disso, a decisão ainda não está tomada, prevendo o diretor da prova que nas próximas semanas ficará tudo definido.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Ciclismo

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.