Volta às Astúrias: Richard Carapaz vence a 2.ª etapa

Ricardo Mestre (W52-FC Porto) foi oitavo na tirada

• Foto: Movistar

O ciclista equatoriano Richard Carapaz (Movistar) venceu este sábado a segunda etapa da Volta às Astúrias, assumindo a liderança da classificação geral, com Ricardo Mestre (W52-FC Porto) no oitavo lugar.

Carapaz, de 24 anos, cumpriu os 166 quilómetros da etapa de hoje em 4:24.14 horas, num esforço isolado em que bateu o compatriota Jonathan Soriano (Medellín), a 42 segundos, e o colega de equipa espanhol Rúben Fernández, a 50.

Mestre foi o melhor português, a 1.34 minutos do vencedor, e subiu ao 10.º lugar da classificação geral, a 1.44 minutos, o mesmo tempo de Joaquim Silva (Caja Rural-Seguros RGA), que é nono na geral depois de ter cortado a meta na mesma posição.

Rui Vinhas (W52-FC Porto) e o colega de equipa César Fonte ocupam o 11.º e 12.º lugares, respetivamente, ao terem cortado a meta em 12.º e 13.º no segundo de três dias nas Astúrias.

Domingos Gonçalves foi o melhor homem da Rádio Popular Boavista, ao fechar em 26.º a tirada, ainda que tenha caído do nono lugar da geral para o 23.º, enquanto Luís Fernandes, que foi 48.º e segue em 45.º da geral, é o mais bem colocado da Aviludo-Louletano.

Nuno Bico (Movistar) foi 73.º na etapa, subindo ao 75.º lugar da geral, enquanto Tiago Ferreira (W52-FC Porto) chegou fora do controlo de tempo e foi desclassificado, desfalcando os 'dragões' para a última etapa.

No domingo, a 61.ª edição da Volta às Astúrias culmina numa tirada de 119 quilómetros entre Cangas del Narcea e Oviedo, com uma contagem de montanha de segunda categoria a sete quilómetros da meta como ponto alto da última etapa.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Ciclismo

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0